Do Brasil para Portugal – Feijoada, ora pois!

Por Ricardo Melillo e Henrique Ribeiro

Quando pensamos em Brasil, que prato vem à cabeça? Feijoada.
Quando pensamos em Portugal? Bacalhoada.
Tirando a terminação (“ada”), um não tem nada a ver com o outro, certo?
Ok, desafio aceito.

Feijoada de Bacalhau. Tenso. Mas trabalhando com publicidade e eventos aprendemos uma coisa: quando o job é complicado, a primeira coisa a se fazer é eliminar os problemas.

Vamulá:
Problema 1 – Bacalhau não bica o feijão preto.
Trocamos o feijão por branco. Essa foi fácil. Próximo.
Problema 2 – Carne de Porco tem sabor forte demais.
“Tira a carne de porco”, vc diria. Mas isso iria descaracterizar a feijoada demais. Já tiramos o feijão preto…
A solução para não mascarar o bacalhau e manter a carne de porco foi usar apenas linguiça de lombo levemente defumada.

Resolvidos os problemas, vamos para os toques finais: trocamos a couve refogada por couve frita (ou couve palha, na terra do Felipe). Trocamos a farinha de mandioca por farelo de pururuca (by Ricardo Melillo). Trocamos a laranja por gomos de limão siciliano.

Resultado: um prato delicioso. DELICIOSO. Na boa, foi um dos melhores pratos de bacalhau que já comemos. Tudo combinou.

Feijoada de Bacalhau. Com certeza, não é serviço de Português! 🙂 🙂 🙂

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s